SABE O QUE ACONTECE AOS SEUS PNEUS USADOS?

Quando chegam ao final de vida, os pneus devem ser entregues nos centros de recolha autorizados para que o seu futuro possa ser avaliado:

Recauchutagem – este processo consiste em aproveitar pneus usados com a carcaça em bom estado, substituindo o piso do pneus e, por vezes, os flancos, por meio da vulcanização.

2. Reciclagem – consiste em separar os principais componentes: aço, borracha e têxtil. O aço segue para siderurgias, para ser incorporado em novos produtos. A borracha é, na sua maioria transformada em grânulos e pode servir para a produção de relvados sintéticos, pisos para parques infantis, telas, tapetes, materiais isolantes, entre outros. A parte têxtil não é aproveitada e segue para o aterro ou para ser incinerada.

3. Valorização energética – por terem um elevado poder calorífico, os pneus podem servir como combustível para a indústria, mas, por ser um processo muito poluente é necessário que a co-incineração seja realizada em instalações com sistemas que minimizem a emissão de gases.

4. Re-utilização – ainda que em menor escala, os pneus usados também podem ser utilizados para proteger embarcações e molhes marítimos e fluviais, revestir suportes de separadores de vias de comunicação automóvel, ou como auxiliares em trabalhos de construção civil.