Dia de Portugal

No dia de Portugal, prestamos tributo a todas as marcas portuguesas que tiveram a coragem de produzir automóveis. Apesar de nenhuma estar presente no mercado atual , deixaram um legado que a todos nos orgulha. Diga-nos nos comentários qual destas já conhecia:

ALBA – Foram construídos apenas 3 unidades, na metalúrgica Alba, em Albergaria-a-Velha – uma ainda se encontra em exposição no museu do Caramulo. Construído entre 1952 e 1954, este carro tinha um estilo italiano e atingia os 200 km/h.

DM – Este modelo conseguia atingir os 170 km/h e pesava apenas 500 kg, foi construído nos anos 50 na Autofederal por Dionísio Mateus. Edfor – Data de 1937, este modelo que chegava aos 160 km/h, com os seus 970 kg de peso. Foi construído por Eduardo Ferreirinha.

Felcom – Construído entre 1933 e 1935, este modelo resulta da assemblagem de um Ford A, um Turcat-Méry e um Miller.

AGB IPA – Foram produzidos apenas 5 exemplares, mas este modelo de 1958 tinha uma versão coupé de 2 lugares e outra familiar de 4 lugares.

Marlei – Este modelo construído Mário Moreira Leite, tinha uma caixa manual de quatro velocidades e conseguia chegar os 160 km/h de velocidade máxima.

MG Canelas – Este modelo diferenciava-se dos carros de corrida dos anos 50 por ter um chassis tubular construído em aço em vez de alumínio, conseguindo atingir a velocidade de 195 km/h.

Sado – Um verdadeiro pioneiro, ao lançar a versão “Smart ForTwo dos anos 80”. Lançado em 1982, teve tamanho sucesso que chegou a ter lista de espera.

UMM – Já em 1977, a UMM (União Metalo-Mecânica), começou a fabricar veículos todo o terreno para a indústria e agricultura. Teve várias opções do modelo: cabrio, com tejadilho ou versão de cinco portas.